Algumas vezes, o salário do empregado em carteira assinada pode ser um pouco superior ao que o funcionário recebe de fato no final do mês. Essa diferença entre os rendimentos dos funcionários ocorre em decorrência dos descontos de impostos e taxações que o governo faz sobre os rendimentos, e por isso, o salário efetivo do funcionário, que é o salário líquido, pode ser diferente do salário oficial do empregado. Mas essa confusão não é apenas complicada para o funcionário: empregadores também sofrem com essa burocracia, por isso vamos ensinar hoje o passo a passo do líquido do funcionário.


Salário Líquido
Salário Líquido – Entenda o que é e como calcular

É só levamos em consideração os descontos, tais como contribuição ao INSS e desconto do imposto de renda, isso é óbvio caso esteja dentro da faixa de contribuição do mesmo, portanto ao final de todos os descontos podemos ter o valor do salário líquido.

Cálculo do salário liquido

Para calcular o liquido basta apenas fazer o desconto do salário bruto, mais diminuir o valor da contribuição social e o imposto de renda.

  • Liquido = bruto – (INSS + IRRF)

Lembre-se que as alíquotas do IR para pessoa física e do INSS varia, de acordo com a sua faixa de ganhos. Outros benefícios como o salário família não são considerados parte integrante do Cálculo do Salário Mínimo.

Entenda na pratica o cálculo do salário liquido

As alíquotas do INSS variam de acordo com o seu salário bruto (alíquota de 8%, 9% e 11%)

Vamos dar o seguinte exemplo o valor do salário bruto que recebe é de R$ 2.500,00 reais, baseado neste valor a sua contribuição ao INSS será de 9% seguindo tabela de referência ao ano de 2016, então vamos as contas:

R$ 2.500 * 0,09 (valor de referência a 9%) = R$ 275,00 valor de contribuição ao INSS

É bem simples basta está sempre atendando nos valores das alíquotas que variam de acordo com o seu salário bruto.

Agora vejamos o Imposto de Renda, a alíquota do mesmo varia de 7,5 a 27,5% agora ser você receber até o valor de R$ 1.868,22 você está isento de pagar imposto.

Veja na pratica como calcular o imposto de renda

A base de cálculo sempre será o salário bruto que é de R$ 2.500,00 reais

Base de Cálculo = Salário Bruto – Desconto de INSS = Base de cálculo para imposto de renda.

Dessa forma ficará da seguinte forma:

R$ 2.500,00 – R$ 225 = R$ 2.225,00

Agora vamos calcular diretamente da fonte do IR (Imposto de Renda)

Neste caso tendo dependentes também contara na base do desconto do INSS o valor de R$ 189,59 este valor conta-se por dependente.

Na tabela do IR quem receber este valor está dentro da alíquota de 7,5 %, deduzindo- se o valor de R$ 142,80.

Vejamos as contas:

  • Valor do imposto de renda = R$ 2.275 * 0,075 = R$ 170,62
  • Valor deduzido pelo o IR= 142,80
  • Valor do Imposto de renda então é igual = R$ 170,62 – R$ 142,80 = R$ 27,83

Sendo assim podemos concluir que a conta do salário liquido a receber é = salário bruto – descontos do INSS e IR = salario liquido.

  • R$ 2.500,00 – R$ 225 – R$ 27,83 = R$ 2.247, 17

Tabela do INSS

Leia também sobre a possibilidade de receber o Bolsa Família 2017 paralelo ao salário líquido de empregado.

Tabela INSS 2016
Tabela INSS 2016 – Alíquotas de contribuição para o INSS

É importante sempre fica atento as variações do seu salário de acordo com as tabelas e os valores de vigência, isto fará diferença nos cálculos.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 5.00 out of 5)
Loading...