O seguro desemprego nada mais é do que um benefício assegurado pela a lei que da garantia de segurança e estabilidade ao trabalhado em caso de dispensa do emprego, por isso é nomeado como seguro desemprego. Nos últimos anos esse benefício sofreu diversas mudanças, a única coisa que permaneceu intacta foi o direito ao recebimento, que continuo sendo mesmo para trabalhadores demitidos de suas funções trabalhistas sem justa causa.


Seguro Desemprego 2017
Seguro Desemprego 2017

Como funciona o seguro desemprego?

O Seguro desemprego surgiu na época do mandado do ex-presidente Jose Sarney, é hoje é uns dos maiores benefícios concedidos pela a Previdência Social pagos pela a Caixa Econômica Federal que é a responsável em passar as verbas para os beneficiários. O dinheiro do seguro desemprego tem origem da FAT, que é o Fundo de Amparo ao Trabalhador.

O valor mínimo do Seguro Desemprego é o valor do salário mínimo da data em que o empregado foi demitido.

Novas Regras do Seguro Desemprego

As novas variações foram quanto a 1ª parcela e 2ª parcela do benefício:

Novas Regras do Seguro Desemprego 2017
Novas Regras do Seguro Desemprego 2017
  • Agora ao solicitar o benefício pela a primeira vez é preciso que o trabalhador, tenha no mínimo 18 meses trabalhos sem interrupções, diferentemente do prazo anterior que era de 6 meses para possuir direito ao benefício.
  • Na segunda solicitação é necessário que ser tenha trabalhador pelo menos 12 meses registrados em carteira sem interrupções, antes da mudança o prazo de solicitação era de 6 meses.

A solicitação do seguro desemprego também estende o período para solicitação do auxílio maternidade para mães desempregadas em 3 meses.

Parcelas do seguro desemprego

De acordo com as mudanças que entraram em vigor em abril do ano de 2015, ao solicitar pela primeira vez o trabalhador receber 4 parcelas do seguro, isto se o mesmo estiver trabalhado de carteira assinada no mínimo 18 e 23 meses dentro dos últimos 36 meses.

Para fazer a segunda solicitação do pedido, a parcela do benefício varia de 4 a 5 parcelas isto ser o mesmo tiver trabalhado entre 12 e 23 meses e para ser ter direito a 5 parcelas o trabalhador tem que ter pelo menos 24 meses trabalhados.

O terceiro pedido de solicitação do seguro varia de 3 a 5 parcelas do benefício, o trabalhador para receber 3 parcelas precisar ter trabalhado no mínimo de 6 a 11 meses, para receber 4 parcelas do seguro o mesmo deve ter trabalhado de 12 a 23 meses e por último para receber 5 parcelas ele dever ter trabalhado pelo menos 24 meses.

Valor do seguro desemprego

Diferente de alguns benefícios sociais, o seguro desemprego não possui um valor fixo, pois ele varia de caso para caso, isso tudo vai depende de qual era o seu salário antes de vim a ser demitido.

Vale ressaltar que só possui direito ao recebimento do seguro desemprego, trabalhadores que venha a ser demitidos ou dispensados de seus empregos sem justa causa, essa regra é a mesma para o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), é outros benefícios sociais que só podem ser sacados pelo o trabalhador em casos demissão sem justa causa. É importante sempre ficar atento aos requisitos que sofrem variações de acordo com os índices de empregados e desempregos do País, sendo assim o Governo rever novas mudanças para a aquisição do mesmo.

Atenção: se você for morador do estado de São Paulo, pode aproveitar essa oportunidade e participar do programa Escola da Família, para aumentar a participação das famílias mais carentes no ensino fundamental.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votes, average: 5.00 out of 5)
Loading...